Masisa consolida seu programa de Parceria Florestal

O Programa é uma parceria entre a Masisa e os produtores rurais para plantio de florestas de eucalipto ou pinus na região dos Campos Gerais.

 

A empresa chilena Masisa, uma das líderes na fabricação de painéis de MDF (Fibras de madeira de média densidade) e MDP (Partículas de madeira de média densidade), utilizados para fabricação de móveis e arquitetura de interiores, está desenvolvendo parcerias na região dos Campos Gerais para o plantio de florestas.
O coordenador florestal da Masisa e engenheiro florestal, André Lodi Trevisan, explica que o Programa de Parceria da Masisa, nasceu em 2008, no Rio Grande do Sul, visando aumentar as oportunidades de trabalho e a renda para o produtor rural, além de suprir a necessidade de madeira da unidade fabril de Montenegro. Em 2010, este modelo de negócio foi estendido para o Paraná, garantindo o fornecimento sustentável de madeira para a unidade fabril de Ponta Grossa. O Programa é uma parceria entre a Masisa e os produtores rurais para plantio de florestas de eucalipto ou pinus. “Nosso fundamento é a geração de valor para todas as partes envolvidas no negócio e produção de madeira de qualidade para abastecimento industrial. Tudo começa com a avaliação de viabilidade. Nela consideramos parâmetros econômicos, sociais e ambientais. E se algum deles for impactado negativamente, o projeto não é realizado. Além disso, o projeto é desenhado para a divisão de frutos, ou seja, os benefícios são compartilhados tornando a relação justa: na contratação do projeto cada parte tem sua participação em volume de madeira definida. Ou seja, se houver melhor produção do que era esperado, ambas as partes ganham. Pensando assim, trabalhamos para que o projeto seja mais produtivo, rentável e transparente possível”, revela o coordenador.
Segundo Trevisan, a Parceria Florestal na Masisa ganhou força estratégica, sendo uma importante fonte de abastecimento de madeira. Atualmente o programa conta com 52 projetos no Paraná e tem previsão de crescimento com a implantação de 1.000 hectares por ano em novos projetos. “Nosso foco de atuação é em Ponta Grossa e nos municípios adjacentes, em um raio economicamente viável para promover o desenvolvimento do setor florestal na região”, frisa.

 

 

Além do plantio convencional de eucalipto e pinus, a Masisa aposta também na integração de negócios sinérgicos e complementares como a floresta + pecuária. “Em 2016 consolidamos o modelo de produção de madeira em parceria com pecuaristas. O projeto possui espaçamento diferenciado, o que permite o crescimento da pastagem entre os conjuntos de linhas de eucalipto (Ranks). Este modelo é muito interessante, pois agrega duas atividades na mesma área, permitindo ao produtor obter a renda de curto prazo com o manejo do gado, e de médio / longo prazo com a madeira, além dos benefícios aos animais, devido ao conforto térmico gerado pela sombra das árvores, e ao meio ambiente devido à neutralização de gás carbônico gerado na criação do gado”, explica.
Para sustentar o bom manejo e garantir a qualidade dos projetos de parceria, a Masisa dispõe de uma equipe técnica de engenheiros florestais, com sólido conhecimento de silvicultura, manejo florestal, cartografia e planejamento. Segundo Trevisan, esse suporte técnico assertivo é a base do projeto: “Nossa equipe busca assegurar que a expectativa do parceiro seja realizada, gerando confiança. Isso é o mais importante, porque o parceiro satisfeito renova o projeto conosco e pereniza a relação”.
O propósito de sustentabilidade também é a chave para o sucesso. “A nossa proposta visa gerar ganhos para todos, ou seja, é sustentável. Sendo assim, o produtor será beneficiado, porque terá preferência de venda da produção (madeira) à Masisa no valor de mercado a um preço competitivo. Também terá acesso a recursos que possibilitam o plantio (mudas, insumos, tecnologia e recursos financeiros). Além disso, terá a diversificação da receita da propriedade rural”, destaca Trevisan. Quanto à sociedade e meio ambiente, ele frisa a importância da geração de emprego e renda no campo e a garantia de proteção às áreas de florestas naturais. “A sociedade e o meio ambiente também ganham, pois todos os projetos são feitos observando as leis ambientais e respeitando as comunidades locais”, frisa o coordenador. Trabalhando assim, com transparência, a empresa fortalece o suprimento sustentável da madeira para a fábrica, agregando valor ao setor florestal, com um planejamento eficiente e faz a integração da empresa com a comunidade.
Serviço: Para conhecer mais sobre a parceria florestal da Masisa, ligue no fone (42) 9 9911- 0896 ou (42) 9 9972 – 0047.

Please reload

Please reload

Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa

Sindicato Rural de Ponta Grossa - Pr

Tel: (42) 3222-4945