Ponta Grossa será sede do II Congresso Brasileiro de Processamento Mínimo e Pós-Colheita


O II Congresso Brasileiro de Processamento Mínimo e Pós-Colheita, será realizado entre os dias 14 e 18 de maio, no Centro de Convivência da UTFPR. O evento é uma promoção do Laboratório de Biotecnologia Aplicada à Fruticultura da UEPG e contará com vários palestrantes nacionais e internacionais. A UEPG realiza o evento em parceria com a EMBRAPA, além de contar com a representação de instituições de pesquisas e ensino de todo o País. O evento, com o tema “Inovar para reduzir perdas”, tem como objetivo integrar os diversos segmentos da pós-colheita e processamento mínimo na busca de soluções para redução das perdas pós-colheitas e maior eficiência do processamento, oferecendo espaço para amplas discussões e mostrando as tendências de mercado e das pesquisas em processamento mínimo e pós-colheita de frutas, flores e hortaliças. Segundo o coordenador da iniciativa e do Laboratório de Biotecnologia Aplicada à Fruticultura da instituição, professor Ricardo Ayub, a programação técnica científica foi elaborada de forma a englobar trabalhos nas quatro áreas temáticas principais. “No encontro, serão abordados o processamento mínimo de frutas e hortaliças, pós-colheita de frutas, pós-colheita de hortaliças e pós-colheita de flores, além de apresentar conferências gerais com temas atuais e inovadores, proferidos por palestrantes de renome no cenário nacional e internacional”, descreve. O coordenador recorda que os Encontros sobre Processamento Mínimo vêm sendo realizados desde 1998 e os Simpósios de Pós-colheita desde 2005, sendo estes os principais eventos técnico-científicos na área de pós-colheita e processamento mínimo no Brasil. Em 2008, em Lavras MG, os dois eventos passaram a ser realizados no mesmo período de forma a unir os trabalhos e pesquisadores da área. "No entanto, nos últimos anos, o número de pesquisas e o interesse das empresas que trabalham com processamento mínimo e pós-colheita de frutas, flores e hortaliças tem aumentado consideravelmente. Assim, visando ampliar e consolidar esses eventos, estamos promovendo este evento”, afirma o professor Ayub. Portanto, segundo o professor, o encontro é importante, pois reúne os especialistas da área para trocar ideias, informações e novidades com acadêmicos, pesquisadores e profissionais. “O encontro irá fomentar propostas para novas pesquisas para as universidades e soluções para produtores e técnicos, com informações que solucionem problemas que já são encontrados no dia a dia ou novidades que ainda não tinham pensado”, relata. Ele anuncia que o encontro conta com 21 palestrantes, sendo seis internacionais, como da Escola Superior de Agronomia da França, Prof. Dr. Jean Claude Pech e Prof. Dr. Christian Chervin. Já da Alemanha, vem o Dr. Manfred Buchelle da KOB. O Dr. Juan Pablo Trujillo vem da Espanha, da Universidade De Cartagena. Quem vem do Canadá é o Dr. Charles Fourney Kentivelle, da Research And Development Centre Agric, And Agri-Food. Do Chile vem o representante para América Latina da Empresa Agrofresch, o Dr. Daniel Alejandro Manriquez Becerra. Além destes, o evento contará com palestrantes que falarão sobre flores, produtos minimamente processados, tubérculos e frutos. Desta forma, o encontro terá palestras em todos os aspectos. O Congresso possui uma página na internet onde constam todos os dados dos palestrantes, temas, valores e sugestões para hotéis, pontos turísticos e distâncias. Serviço: Mais informações no site http://poscolheita.uepg.br ou pelo fone (42) 3220-3088. II Congresso Brasileiro de Processamento Mínimo e Pós-colheita de frutas, flores e hortaliças Data: 14 a 18 de Maio - Local: Centro de Convivência - UTFPR - Av. Monteiro Lobato, s/n - Km 04 - Ponta Grossa - PR – Brasil

Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa