Assembleia empossa nova diretoria da FAEP para o triênio 2018/21


Uma Assembleia Geral do Conselho de Representantes, com a presença de presidentes de sindicatos e lideranças rurais de todo o Estado, empossou, em março, a nova diretoria da FAEP (veja os nomes em box). A cerimônia ocorreu na sede da instituição, em Curitiba, seguida de uma programação intensa de trabalho. Uma das atividades foi a assinatura, pelo governador Beto Richa, do Projeto de Lei do Marco Regulatório do Biogás, que será encaminhado para votação na Assembleia Legislativa. Na pauta esteve também uma nova portaria para a piscicultura e o detalhamento, por técnicos da casa, de questões relacionadas à contribuição sindical, às leis e normas ambientais, além de um esclarecimento sobre as sugestões apresentadas ao Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2018/19. Reeleito no dia 29 de janeiro, o presidente Ágide Meneguette foi reconduzido ao cargo e segue à frente da entidade no próximo triênio (2018/21). Em seu discurso, ele agradeceu o voto de confiança dos produtores rurais e aproveitou para reassumir seu compromisso de liderar o enfretamento dos desafios que se apresentam diariamente aos produtores rurais. Ele destacou as dificuldades que o setor ainda terá pela frente este ano, como as propostas de reforma, principalmente a Reforma da Previdência, que ficarão para o próximo governo. Além de eleições, que praticamente paralisam o Congresso e Assembleia, lembrou Meneguette, haverá Copa do Mundo. “Apesar dos pesares, os produtores rurais não se regram pelo calendário político nem futebolístico: tem que plantar e colher.” O presidente lembrou também os problemas climáticos e as consequências das chuvas que atrasaram a colheita da safra de verão e postergam o plantio da temporada de inverno, fatores que podem impactar negativamente nos resultados. Porém, num tom de esperança, ele reforçou a importância do setor. “As adversidades muitas vezes são a mãe de novas oportunidades. Não podemos esquecer que a agropecuária é a base da economia dos nossos municípios. Todos os demais setores, indústria, comércio e serviços, dependem direta ou indiretamente dos produtores rurais. Essa é a importância que temos que comprovar nas nossas comunidades”, afirmou. Meneguette também lembrou alguns fatos marcantes que tiveram a participação da FAEP para que os produtores rurais não fossem prejudicados, como a discussão do Código Florestal no Congresso Nacional e a elaboração da legislação ambiental no Paraná. Entre os novos integrantes da diretoria está o presidente do Sindicato Rural de Ponta Grossa, Gustavo Ribas Netto. Segundo ele é uma honra participar da diretoria e fazer história com um entidade que defende muito bem o produtor rural. “Ficamos muito feliz com o convite e colocamos o nosso nome a disposição para que juntos possamos fazer a voz e vez do produtor rural em suas causas que a FAEP tão bem defende.”, revela Ribas.

DIRETORIA, SUPLENTES, CONSELHO E DELEGADOS REPRESENTANTES TRIÊNIO 2018-2021

Presidente: Ágide Meneguette Vice-Presidente: Guerino Guandalini Vice-Presidente: Nelson Teodoro de Oliveira Vice-Presidente: Francisco Carlos do Nascimento Vice-Presidente: Oradi Francisco Caldato Vice-Presidente: Ivo Pierin Júnior Vice-Presidente: Valdemar da Silva Melato Diretor Secretário: Livaldo Gemin 2º Diretor Secretário: Mar Sakashita Diretor Financeiro: João Luiz Rodrigues Biscaia 2º Diretor Financeiro: Paulo José Buso Júnior Suplentes de Diretoria Nelson Natalino Paludo, Domingos Vela, Gustavo Ribas Netto, Anton Gora, Narciso Pissinatti, Ivonir Lodi, Celso Stedile, Mesaque Kecot Veres, Ricardo de Aguiar Wolter, Lourival Roberto da Silva Goes, José Mendonça Conselho Fiscal: Efetivos Sebastião Olimpio Santaroza Ana Thereza da Costa Ribeiro Ciro Tadeu Alcantara Suplentes Braz Reberte Pedrini José Getulio Assoni Rocco Luiz Andre Boraneli Delegados Representantes Ágide Meneguette João Luiz Rodrigues Biscaia Julio Cesar Meneguetti Mario Aluizio Zafanell

Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa