21º Show Tecnológico da Fundação ABC atrai mais de 3 mil visitantes

 

O 21º Show Tecnológico de Verão da Fundação ABC reuniu mais de 3 mil pessoas que tiveram contato de perto com as melhores tecnologias da atualidade.

 

 

O evento é uma vitrine de novas tecnologias da Fundação ABC, IAPAR, entre outros centros de pesquisas e também de diversas empresas do agronegócio.
O Show Tecnológico se firma pela difusão das tecnologias agropecuárias disponíveis e em desenvolvimento, e por ser um dos principais institutos de pesquisa agropecuária do país: a Fundação ABC e demais empresas atuantes no Brasil e no mundo, em torno da produção de alimentos e forragem. Este ano o evento também apresentou uma novidade, o Circuito do Leite, uma programação especial para os pecuaristas de leite.
Neste ano, segundo a Fundação ABC, passaram pelo evento um público recorde, com 3.215 pessoas. Sendo 30,19% formado por agropecuaristas, 19,28% por agrônomos, zootecnistas e técnicos em agropecuária, 15,66% por empresas e expositores, 12,85% por estudantes de agronomia e técnicos em agropecuária e ainda 22% por funcionários de cooperativas, da Fundação ABC e outros.
AVALIAÇÃO - Na avaliação feita com 200 visitantes, as apresentações feitas pelos coordenadores de Pesquisa da fundação foram muito elogiadas e na média final receberam nota 9.56, numa escala de 5 a 10. A organização do evento também recebeu destaque. Teve nota média final de 9,18. Numa avaliação geral, os pesquisados deram nota média final de 9,37 para o evento.
A novidade desta edição foi o Circuito do Leite, uma programação especial para os pecuaristas de leite. Foi o ponto mais destacado como positivo na avaliação. Entrevistados pediram a continuidade da novidade.
O produtor rural de Castro, Alexsander Agusto Riterder, acredita que o evento é uma oportunidade onde o produtor consegue visualizar e acompanhar as novas tecnologias, produtos que chegam ao mercado para combater diversas pragas e doenças, melhorando assim a produtividade e sustentabilidade da agropecuária. “O que gostei também foi o Circuito do Leite, que veio para completar este evento, uma vez que a cadeia do leite em nossa região é muito forte.”, destaca Alexsander. Outro visitante que aprovou o evento foi o estudante de agronegócios, José Amadeu Carneiro. Ele destaca que o evento é uma oportunidade para melhorar o conhecimento. “O Show apresenta muitas tecnologias que podem ser aplicadas em soja, milho, pecuária de leite. Achei interessante o acompanhamento e pulverização nas lavouras utilizando o drone, que é uma nova realidade para o Brasil. Portanto, a feira ajuda o produtor a utilizar melhor as tecnologias e assim melhorar produtividade e renda no campo.”, argumenta o estudante.
O presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos dos Campos Gerais, Rulian Bernardi Berger, salienta que a região é uma das mais tecnificadas do país e, portanto, o Show proporciona, em um espaço único, conhecimento, comparação e partilha de conhecimento. “O evento é uma vitrine, para que os produtores e técnicos possam renovar e aprimorar o conhecimento e colocar em prática em suas propriedades.”, acredita o presidente.

 

Muitas tecnologias foram

apresentadas no dia de campo

"Um dos maiores violões na cultura da soja é o percevejo e para atender esta demanda temos esta tecnologia de pulverização pontual com drones. ”Responsável pelo marketing da Bayer
em Ponta Grossa, Eduardo Henrique Martinez

 

Um dos estandes que chamou atenção foi o da Bayer com a pulverização aérea realizada com drone, uma ferramenta que pode ser utilizada pontualmente na lavoura. Segundo o responsável pelo marketing da Bayer em Ponta Grossa, Eduardo Henrique Martinez, a tecnologia está disponibilizada na plataforma de serviços. “A Rede AgroServices é uma iniciativa da Bayer que visa ao desenvolvimento do agronegócio, promovendo a conexão entre seus diferentes agentes. O produtor pode acumular pontos comprando produtos Bayer e trocando estes pontos por serviços e produtos.  Em relação a serviços o cliente pode trocar por: agricultura de precisão, software de gestão para propriedade, entre outros.”, descreve Eduardo. Ele fala que a empresa hoje oferece um serviço de monitoramento de pragas na cultura da soja. “Um dos maiores violões na cultura da soja é o percevejo e para atender esta demanda temos esta tecnologia de pulverização pontual com drones. Ao invés do produtor entrar com o maquinário em toda a plantação utilizando o monitoramento ele terá dados para entrar pontualmente em um determinado foco e assim agir no problema e ao mesmo tempo diluir custos.”, argumenta Eduardo.
Outra tecnologia apresentada no evento foi em relação à nutrição vegetal com o produto Grap Grad, um fertilizante foliar, biorregulador, composto por uma exclusiva combinação de Magnésio e ácidos carboxílicos.  O representante regional de vendas da Agrocete, Luciano Schmidt, explica que a aplicação do produto promove um maior engalhamento das plantas, bem como o engrossamento do colmo, tornando as plantas mais eficientes e resistentes ao acamamento. “Assim, as plantas exploram melhor o ambiente e respondem com extraordinário aumento de produtividade. Portanto, os benefícios são: plantas mais ramificadas, resistência ao acamamento, melhor aproveitamento de nutrientes, plantas mais sadias, levando assim a um maior número de vagens e grãos, maior peso de grãos e maior produtividade.”, descreve Luciano.
SERVIÇO: A Fundação ABC já anunciou as datas em que vai realizar a vigésima segunda edição do Show Tecnológico de Verão. Será nos dias 20 e 21 de fevereiro de 2019, no Campo Demonstrativo e Experimental de Ponta Grossa, onde já vem sendo realizado há alguns anos.

 

Quer saber mais sobre o evento? Veja o video abaixo.

 

 

Please reload

Please reload

Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa