Regularização fundiária não eleva desmatamento, ajudará no controle, defende ministra

 

 

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, defendeu nesta quinta-feira que uma medida provisória sobre regularização fundiária publicada pelo governo do presidente Jair Bolsonaro não aumentará o desmatamento e disse que houve uma "distorção" nas discussões sobre a iniciativa.

 

Segundo ela, investidores vinham questionando se um projeto de lei decorrente da MP poderia elevar o desmatamento caso aprovado, mas o governo garantiu que isso não ocorrerá.

A ministra argumentou que a medida vai modernizar o sistema e acelerar regularizações fundiárias, o que permitirá que proprietários de terras tenham títulos e exigirá deles o cumprimento de regras ambientais.

Com isso, o governo acredita que terá um maior controle, acrescentou a ministra.

Please reload

Please reload

Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa