Bezerro: abate de novilhas deve estimular preço em alta até 2022

A fase de alta no preço do bezerro deverá seguir até o início de 2022, puxada pelo crescente abate de novilhas no Brasil, de acordo com a Agrifatto Consultoria.


“Essa firmeza do bezerro também está ligado abate acelerado de novilhas. E vem consumando o que estamos observando nos últimos anos, que são os programas de qualidade, busca acelerada da China por animais mais jovens. Tudo isso estimula o abate de animais novos, e isso pode ser uma tendência que irá durar até o início de 2022”, disse Lygia Pientel, diretora da Agrifatto.

Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa