Possíveis geadas e umidade em lavouras do PR preocupam produtor em plena colheita

 

 

São Paulo, 24 - A possível ocorrência de geadas no sudoeste do Paraná neste fim de semana preocupa os produtores de trigo do Estado, informou o boletim do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Agricultura do Paraná. O Deral diz, entretanto, que dificilmente se terá um "retrato fidedigno de como a frente fria afetou a produtividade no levantamento de agosto". E complementa: "Demorará ao menos uma semana para que os efeitos das possíveis geadas sejam mais aparentes, momento em que já estará realizado o levantamento".

Embora antes da onda de frio tenham ocorrido chuvas volumosas no Paraná que amenizaram a seca, o Deral assinala também que a sequência de dias chuvosos "já traz preocupação" pois a umidade pode ocasionar germinação em lavouras prontas para a colheita, "bem como o aumento de doenças em toda a área de trigo".

Agora que a chuva arrefeceu, o Deral projeta que a colheita, que já se iniciou no norte do Estado e teve de ser interrompida por causa das precipitações, deve ser retomada.

O Deral alerta, porém, que uma possível redução no volume ofertado pode aumentar o custo dos moinhos, que recorrerão mais às importações.

Segundo o Deral, as compras externas de trigo no Paraná foram 25% menores entre janeiro e julho de 2020 ante igual período de 2019, "na contramão das importações brasileiras, que cresceram 3% no período, o que pode indicar que muitos moinhos locais estão se mantendo no limite de estoques à espera da safra nova".

Please reload

Please reload

Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa