ANEC reduz expectativa de exportação de soja em agosto para 6,025 milhões de toneladas

 

A expectativa da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) quanto às exportações de soja do Brasil em agosto caiu para 6,025 milhões de toneladas, segundo relatório semanal divulgado ontem à noite. A estimativa se baseia no volume efetivamente embarcado até 22 de agosto, somado à programação de embarques até o fim do mês. Até a semana passada, a previsão era de 6,582 milhões de toneladas.

As projeções de exportação de farelo e milho em agosto também diminuíram. Para os embarques de farelo, a Anec passou a prever 1,745 milhão de toneladas, ante 1,848 milhão de toneladas previstos até a semana passada. Para o milho, a projeção de venda externa é de 6,794 milhões de toneladas, contra 7,249 milhões de toneladas previstas na semana anterior.

Na semana de 16 a 22 de agosto, as exportações do Brasil somaram 768.992 toneladas de soja, 259.686 toneladas de farelo e 1,392 milhão de toneladas de milho. Para a semana de 23 a 29 de agosto, estão previstos embarques de 1,183 milhão de toneladas de soja, 486.038 toneladas de farelo e 1,765 milhão de toneladas de milho.

Caso as projeções se confirmem, as vendas externas do País nos oito primeiros meses do ano devem totalizar 75,842 milhões de toneladas de soja (+34,37% acima de igual período de 2019), 14,384 milhões de toneladas de milho (-36,12%) e 11,712 milhões de toneladas de farelo (+11,46%).

Please reload

Please reload

Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa