Soja Brasil: chuvas afetam o Sul, o Sudeste e o Centro-Oeste do país


As tão esperadas chuvas chegaram para parte do Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. Elas podem ainda não viabilizar o plantio da soja, mas melhoram a umidade do solo pelo menos. No Nordeste nada muda e o tempo seco predomina.

Confira abaixo a previsão do tempo completa! As informações e mapas meteorológicos são da Somar Meteorologia e do Inmet.

SUL

A segunda-feira será marcada por tempo seco no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Já o Paraná terá chuvas desde o sul até o norte do estado. Os maiores acumulados acontecem próximo a Ibaiti, com 15 mm.

Na terça-feira as instabilidades se afastam do Sul do país e apenas chuvas isoladas e pontuais afetam a parte central do Paraná.

SUDESTE

O Sudeste brasileiro segue com previsão de chuvas desde o sul de São Paulo até o sul de Minas Gerais. Em Itapeva (SP) são esperados até 8 mm acumulados, enquanto em Cristais (MG) pode chover até 30 mm.

Na terça-feira nada muda e os dois estados seguem recebendo chuvas. E Minas os maiores acumulados acontecem na parte sul do estado, com até 40 mm. Em São Paulo chove mais na parte nordeste do estado.

CENTRO-OESTE

Nesta segunda-feira, um corredor de umidade da Amazônia se encontra com uma frente fria praticamente estacionada entre Mato Grosso do Sul e com isso as instabilidades se espalham pela região. Há previsão de chuva a qualquer hora, intercalada a períodos de tempo nublado em Mato Grosso do Sul, e pancadas de chuva na maior parte de Mato Grosso e no sul de Goiás. Pode voltar a chover inclusive em Goiânia, que não vê água há 119 dias seguidos. Além da chuva, são esperadas trovoadas e até granizo entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Na terça-feira, tem chuva com trovoadas e até mesmo granizo eventual no Mato Grosso, norte de Mato Grosso do Sul e sul de Goiás. Somente o extremo norte goiano é que ainda não tem chuva. No norte do Mato Grosso, o volume esperado é mais expressivo. As temperaturas máximas caem por conta do tempo mais nublado.

NORDESTE

Nesta segunda-feira não deve chover nas áreas agrícolas da Bahia, Maranhão e Piauí.

Na terça pouca coisa muda e os três estados devem seguir sem chuvas.

NORTE

Nesta segunda-feira, tem chuva forte e temporais entre o Acre, Rondônia e Amazonas, e desta vez, os acumulados podem ser mais elevados na Região. Chove também em Roraima e Amapá e boa parte do Pará, mas ainda de forma rápida e pontual. O Tocantins segue com tempo seco, quente, e com níveis de umidade relativa do ar que podem ficar críticos no período da tarde.

Na terça-feira, o início da primavera no Hemisfério Sul será ainda com fortes temporais entre Rondônia, Acre, oeste do Amazonas e sudoeste do Pará. Os volumes de chuva ficam mais altos no sul do Amazonas e norte rondonense, inclusive em Porto Velho. Entre Roraima, Amapá e restante do Pará, a chuva ocorre de maneira mais rápida e pontual. Já o Tocantins segue com tempo seco e quente e, por enquanto, sem perspectivas de mudanças.

Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa