Agronegócio: aumento das exportações eleva em 23,8% o superávit da Balança Comercial Paulista que fe

De janeiro a outubro de 2020, as exportações do Estado de São Paulo somaram US$ 34,30 bilhões (19,7% do total nacional) e as importações US$ 42,14 bilhões (33,3% do total nacional), registrando déficit comercial de US$ 7,84 bilhões, informa a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do Instituto de Economia Agrícola (IEA). Na análise setorial, o agronegócio apresentou aumento nas exportações (+12,2%), alcançando US$ 14,30 bilhões, e queda nas importações (-14,1%), totalizando US$ 3,36 bilhões; com estes resultados, obteve-se superávit de US$ 10,94 bilhões, (+23,8%) quando comparado ao mesmo período de 2019.

Os principais grupos nas exportações do agronegócio paulista foram: Complexo Sucroalcooleiro (US$ 5,14 bilhões sendo que desse total o açúcar representou 84,8% e o álcool 15,2%), Complexo Soja (US$ 1,89 bilhão), Carnes (US$ 1,87 bilhão, em que a carne bovina respondeu por 86,8%), Produtos Florestais (US$ 1,27 bilhão, com participações de 49,6% de papel e 37,9% de celulose) e Sucos (US$ 1,13 bilhão, dos quais 97% referentes a sucos de laranja). Esses cinco agregados representaram 79,1% das vendas externas setoriais paulista.

Balança Comercial do Brasil


No período analisado, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 47,43 bilhões, com exportações de US$ 174,15 bilhões e importações de US$ 126,72 bilhões. Nos 10 primeiros meses de 2020, as exportações do agronegócio brasileiro apresentaram alta (5,7%) em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando US$ 85,84 bilhões. Já as importações recuaram 9,6% no período, registrando US$ 10,38 bilhões. O superávit do agronegócio foi de US$ 75,46 bilhões no período, sendo 8,2% superior na comparação entre janeiro e outubro de 2019.

Os principais grupos nas exportações do agronegócio brasileiro foram: Complexo Soja (US$ 33,69 bilhões), Carnes (US$ 14,10 bilhões, com a carne bovina representando 48,8% desse total e as carnes de frango 35,3% e suína 13,2%), Produtos Florestais (US$ 9,45 bilhões, com participações de 53,4% de celulose e 31,0% de madeira), Complexo Sucroalcooleiro (US$ 8,06 bilhões, dos quais 87,9% de açúcar), e Cereais, Farinhas e Preparações (US$ 4,99 bilhões, sendo 82,2% do milho em grão e 9,4% de arroz). Esses cinco grupos agregados representaram 81,8% das vendas externas setoriais brasileiras.


https://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/agronegocio/275562-agronegocio-aumento-das-exportacoes-eleva-em-238-o-superavit-da-balanca-comercial-paulista-que-fecha.html#.X893P2VKi1s


Siga-nos
  • Facebook Basic Square

© 2023 por Sindicato Rural de Ponta Grossa