Exportações de farelo de soja da Índia podem mais que dobrar com alta de preços

As exportações de farelo de soja da Índia podem mais do que dobrar em 2020/21, depois que uma alta nos preços globais para uma máxima de seis anos e meio tornou os embarques do país do sul da Ásia lucrativos para compradores europeus e asiáticos, disseram quatro autoridades da indústria à Reuters. As maiores exportações da Índia podem reduzir os embarques de farelo de soja da América do Sul para a Ásia e também apoiar os preços locais da soja, apesar de um surto de gripe aviária atingir a demanda da indústria local de ração. As exportações de farelo de soja da Índia podem saltar para mais de 2 milhões de toneladas no ano 2020/21, que começou em 1º de outubro, de 825.000 toneladas embarcadas no ano anterior, disse Atul Chaturvedi, presidente da Associação de Extratores de Solventes da Índia. Os futuros de farelo de soja nos EUA atingiram uma alta de seis anos e meio nesta semana devido ao aperto na oferta e à robusta demanda da China. "A gripe aviária na Índia está afetando o consumo local. É uma grande oportunidade para as refeições indianas saírem do país", disse Chaturvedi. A demanda por produtos avícolas caiu na Índia depois que a gripe aviária foi relatada em 10 Estados. "As exportações de farelo de soja caíram no ano passado, pois nossos preços estavam muito acima dos benchmarks globais. Os preços indianos agora são competitivos, pois os preços globais se recuperaram", disse Davish Jain, presidente da Associação de Processadores de Soja da Índia (SOPA).


https://www.noticiasagricolas.com.br/noticias/soja/277816-exportacoes-de-farelo-de-soja-da-india-podem-mais-que-dobrar-com-alta-de-precos.html#.YABO1FVKi1s