Quinta-feira segue sendo altista para os futuros do milho nas Bolsas

Publicado em 28/07/2022

Vencimentos brasileiros e norte-americanos se valorizam na B3 e na CBOT

As movimentações altistas seguem presentes na Bolsa Brasileira (B3) para os preços futuros do milho ao longo desta quinta-feira (28). As principais cotações subiam mais de 1% e flutuavam na faixa entre R$ 87,93 e R$ 93,46 por volta das 11h49 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/22 era cotado à R$ 87,93 com valorização de 1,64%, o novembro/22 valia R$ 90,10 com ganho de 1,43%, o janeiro/23 era negociado por R$ 92,35 com alta de 1,18% e o março/23 era negociado por R$ 93,46 com elevação de 1,03%.

Mercado Externo

Os preços internacionais do milho futuro também permanecem contabilizando movimentações altistas na Bolsa de Chicago (CBOT) ao longo desta quinta-feira.

Por volta das 11h35 (horário de Brasília), o vencimento setembro/22 era cotado à US$ 6,11 com elevação de 11,00 pontos, o dezembro/22 valia US$ 6,15 com valorização de 12,00 pontos, o março/23 era negociado por US$ 6,21 com alta de 11,50 pontos e o maio/23 era negociado por US$ 6,25 com ganho de 11,00 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os preços do milho foram negociados mais altos nesta manhã, uma vez que as preocupações com o estresse térmico na próxima semana ameaçaram o potencial de rendimento para a safra de milho dos Estados Unidos em 2022.

“O clima seco e quente esperado para a próxima semana está preocupando os operadores. A condição das lavouras pode se deteriorar novamente”, disse a consultoria francesa Agritel.

Por: Guilherme Dorigatti

Fonte: Notícias Agrícolas

Siga-nos
  • Facebook Basic Square