Rússia diz que documento está quase pronto para retomada de exportações de grãos da Ucrânia

Publicado em 18/07/2022

(Reuters) – As propostas da Rússia sobre como retomar as exportações de grãos ucranianos foram “amplamente apoiadas” por negociadores em discussões nesta semana em Istambul e um acordo está próximo, disse o Ministério da Defesa russo nesta sexta-feira.

O ministério disse que o trabalho no que chama de “Iniciativa do Mar Negro” será finalizado em breve.

“A Rússia propôs medidas para garantir o transporte de alimentos para países estrangeiros, incluindo parceiros russos, para descartar o uso de cadeias de suprimentos para fornecer armas e equipamentos militares ao regime de Kiev, bem como para evitar provocações”, afirmou.

Rússia, Ucrânia, Turquia e as Nações Unidas devem assinar um acordo na próxima semana com o objetivo de retomar as exportações de grãos da Ucrânia pelo Mar Negro, que foram severamente prejudicadas pela guerra no país.

A invasão da Rússia em 24 de fevereiro paralisou as exportações dos portos da Ucrânia, deixando dezenas de navios retidos e cerca de 20 milhões de toneladas de grãos presos em silos em Odesa.

Moscou negou ser responsável pelo agravamento da crise alimentar, atribuindo-o a um efeito assustador das sanções ocidentais por desacelerar suas próprias exportações de alimentos e fertilizantes e à Ucrânia, por lançar mísseis nos seus portos do Mar Negro.

A Ucrânia e a Rússia são os principais fornecedores globais de trigo, enquanto a Ucrânia é um produtor significativo de milho e óleo de girassol.

(Reportagem de Reuters)

Fonte: Reuters

Siga-nos
  • Facebook Basic Square