Soja: Mercado em Chicago dá continuidade ao movimento negativo e volta a recuar nesta 6ª feira

Publicado em 01/07/2022

O mercado da soja volta a recuar nesta sexta-feira (1) na Bolsa de Chicago. As cotações perdiam de 8,25 a 21 pontos, levando o agosto a US$ 15,52 e o setembro a US$ 14,65 por bushel, dando continuidade ao movimento negativo de ontem.

Ainda na CBOT, o óleo perde mais de 1,5%, mais uma vez, e o contrato mais negociado vale 63,36 cents de dólar por libra-peso, enquanto o farelo cedia 0,4% para US$ 405,10 por tonelada curta.

Apesar da redução de área americana com soja apontada pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta quinta (30), o mercado ainda sente o peso da demanda - principalmente por parte da China - os temores da recessão global, das baixas - e do momento de pressão - dos óleos vegetais e o clima que vai bem no Corn Belt neste momento.

"Tenha em mente que o clima não precisa ser perfeito em todo território americano, mas sim nos estados que começam com a letra I, o 'I States' - Iowa, Illinois e Indiana. São esses estados que sempre derrubam ou puxam a média nacional. O ano passado é um bom exemplo dessa característica", explica Eduardo Vanin, analista de mercado da Agrinvest Commodities.

Por: Carla Mendes

Fonte: Notícias Agrícolas

Siga-nos
  • Facebook Basic Square