Soja trabalha com estabilidade nesta manhã de 4ª em Chicago após consecutivas e fortes quedas

Publicado em 03/08/2022

A soja opera com estabilidade nesta quarta-feira (3) na Bolsa de Chicago. Depois de duas sessões consecutivas de baixas fortes, os preços testam pequenos ganhos de poucos mais de 1 ponto entre os contratos mais negociados, com o novembro valendo US$ 13,87 e o janeiro, US$ 13,95 por bushel na manhã de hoje.

O mercado parece dar uma pausa para retomar o fôlego e redefinir suas direções. No centro das atenções, permanecem as condições de clima no Meio-Oeste americano - e a divergência entre os modelos climáticos - bem como toda a questão geopolítica, agora agravada pela presença de Nancy Pelosi, presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, em Taiwan.

Pelosi pousou ontem no país asiático e em uma coletiva de imprensa declarou apoio e suporte dos EUA a Taiwan, o que pode deixar os mercados ainda mais nervosos e as relações comerciais ainda mais comprometidas, uma vez que já estão estremecidas desde o início da guerra comercial em 2018.

Assim, nesta quarta, os mercados acionários também caminham de lado, enquanto as ações fecharam em baixa na China, a estabilidade chega às demais commodities, embora o petróleo perca mais de 0,5% no WTI, e o dólar index tem ligeiro recuo.

Ainda no radar permanecem todas as preocupações sobre o rumo da economia global, o comportamento da demanda e a saída dos navios ucranianos da região do Mar Negro.

Por: Carla Mendes

Fonte: Notícias Agrícolas

Siga-nos
  • Facebook Basic Square