Soja volta a cair forte em Chicago nesta 3ª feira com pressão do financeiro e à espera do USDA

Publicado em 12/07/2022

Os preços da soja voltam a cair na Bolsa de Chicago nesta terça-feira (12). Depois de testarem certa recuperação na sessão anterior, os futuros da oleaginosa cediam entre 27,75 e 28,50 pontos nos principais contratos, com o agosto valendo US$ 14,95 e o novembro de volta aos US$ 13,76 por bushel.

A soja acompanha as demais commodities, que voltam a registrar um dia de baixas fortes, lideradas pelo petróleo, que cede quase 5% somente no WTI, com o barril sendo cotado a US$ 99,19. Milho e trigo perdem mais de 1%, enquanto o óleo cai mais de 2% e o farelo quase 1%.

Os temores crescentes de uma recessão seguem pesando agressivamente sobre os mercados e os fundos, como já vinha sendo sinalizado por analistas e consultores, seguem se desfazendo de suas posições entre as commodities.

Na soja, mesmo com uma nova queda na qualidade das lavouras americanas e com a previsão de clima adverso nos próximos dias no Corn Belt, os preços voltam a recuar.

Além disso, o dia é de novo boletim do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) e os mercados se mantêm na defensiva à espera dos novos números.

Por: Carla Mendes

Fonte: Notícias Agrícolas

Siga-nos
  • Facebook Basic Square